Denim City SP Promove Curso Sobre Beneficiamento Têxtil

A Denim City São Paulo promoveu, nos últimos dias 16 e 17 de abril, a primeira edição do curso “A Magia do Denim”. As aulas foram ministradas por Juliana Medina, estilista especializada em denim, com o apoio de Maria José Orione, diretora acadêmica da DCSP, Nelsinho Levada, também da DCSP, e Daniel Gomes, técnico da GB Customização.

O curso presencial aconteceu no formato intensivo, com 35% da capacidade e respeitando todos os protocolos de segurança exigidos por lei para prevenção da Covid-19. O conteúdo abordou os processos de beneficiamento têxtil, englobando desde os mais básicos do denim para uma melhor compreensão e comunicação entre os diversos setores, tais como estilo, desenvolvimento de produto, produção e beneficiamento até soluções mais sustentáveis, conhecendo as últimas possibilidades em materiais e tecnologias, através de operações práticas no Denim Lab – sob a supervisão de profissionais do setor.

“Eu acredito que o denim sem lavanderia não mostra para o que veio. Estou muito feliz de estar ministrando esse curso com muita paixão pelo que faço e o mais incrível, trocando informações – eu aprendo mais do que eu passo informações. É maravilhoso poder replicar esse amor que eu tenho pelo tecido, essa paixão que eu tenho pelo denim, e ver os olhinhos deles brilhando como o meu brilha”, afirmou Juliana.

“Quando eu vejo eles (os alunos) encantados e surpresos com a mágica toda que acontece com nosso jeans nacional, já fico feliz, missão cumprida. Tudo se valida quando fazem peças incríveis. São pessoas que nunca tinham desenvolvido lavanderia, sinal de que tudo o que discutimos em sala de aula, aprenderam e validaram nas peças. O denim é isto, temos que ter muito conhecimento, paixão, estudar sempre, ser inquieto e tudo tem que resultar em peças e obviamente em um comportamento de mercado sempre melhor, mais sustentável”, detalhou a especialista jeanswear.

O curso “A Magia do Denim” é destinado a estilistas, compradores, área comercial e profissionais interessados nos processos de beneficiamento e seus impactos no produto final. É considerado intermediário em termos de teoria, e na prática, mais básico. A primeira edição contou com profissionais de São Paulo, Santa Catarina e Paraná, das empresas Pit Bull Jeans, Max Denim, Ogochi, Giassi, Use Fashion e MYR.

“Os participantes puderam fazer os processos secos, como lixa, uso do rebolo para diversos tipos de acabamento, entender as melhores escolhas de tecido para cada processo e depois fizeram cada um, a sua própria calça, com efeitos realizados por eles e fundos também. Sempre pensando em inovação e sustentabilidade. Uso de laser, ozônio, receitas com menor volume de água, etc”, comentou Maria José.

“Acreditamos que somente a educação e o conhecimento serão capazes de contribuir para uma mudança de mindset, mostrando aos profissionais do setor que sustentabilidade não é sinônimo de custo e sim de economia, com contribuição adicional ao bem-estar do planeta”, disse a diretora acadêmica.

A Denim City São Paulo mantém uma estrutura impecável tanto para os cursos práticos, quanto para os teóricos. Segundo Juliana Medina, o Brasil e também outros países, estão de olho na DCSP, principalmente em relação à lavanderia e ao conceito de denim no Brasil, visto como fashion e criativo, mas também pelo jeito em que o produzimos, trabalhando o conceito “jeans raiz” e a tecnologia e transformando isso em um produto.

A importância da lavanderia

Ao comentar o objetivo da iniciativa, Juliana Medina exaltou a importância da lavanderia na indústria. “Tudo é possível, desde que tenha muito conhecimento e esclarecimento sobre o início. A lavanderia, que é o final do produto jeans, também o início pois tudo deve ser pensado, trabalhado. Toda a engenharia de produto deve acontecer em torno do visual final que você deseja para a sua peça”, apontou.

“Então, além dela (a lavanderia) ser o último passo para o jeans chegar na loja, é o primeiro e deve estar muito bem desmistificado na cabeça do designer, do estilista, da marca. Para que haja um processo de construção muito assertivo, com pouca margem de erro, zero de reprocesso e eu acredito que seja um passo para a sustentabilidade”, completou.

“Nós acreditamos que ninguém dorme e acorda sustentável. Sustentabilidade é uma coisa grande, mas começa com pequenas ações, como iniciar uma coleção bem elaborada. E tendo muito conhecimento e domínio, o céu é o limite. Aqui na Denim City SP, apresentamos maquinários de última geração, passamos a receita, explicamos o porquê dessa receita do processo de lavanderia, e aí eles colocam a mão na massa”, ressaltou a especialista.

Ainda de acordo com Juliana, o curso começa com conhecimentos na engenharia têxtil com Maria José Orione, que reúne informações sobre a construção do tecido e análise de book para aprender a ler o que a tecelagem manda de informações sobre o produto. Na sequência, os participantes podem sentir na mão o que é lixar um tecido construção cetim, por exemplo, ou um 100% algodão.

“Isso faz toda a diferença para que se desenvolver um produto assertivo e entender a importância de repassar todas essas informações, seja para o setor de modelagem, de armazenamento, costura, de lavanderia, acabamento e até para o próprio visual merchandising, quando se define como as peças serão expostas na loja. A estrutura da Denim City é esta, ensinamos o ‘beabá’ de um jeans bem feito e tendo isso muito esclarecido tudo é possível com a criatividade e domínio das novas técnicas, esse é o propósito”, acrescenta Juliana.

O próximo curso “A Magia do Denim” acontece nos dias 23 e 24 de abril, e ainda há quatro vagas disponíveis. A partir de 4 de maio, a Denim City SP promove um curso noturno com sete encontros de três horas e, entre 11 e 12 de junho, mais um intensivo no final de semana.

“Um ‘senhorzinho’ de 150 anos que é o jeans envolve aqueles que estão na estrada há muito tempo, os que estão há médio tempo e o que estão chegando com muito amor, muita garra e conhecimento, essa é a grande magia da Denim City. Não precisa ter currículo, idade, só precisa gostar do que faz, ser comprometido com o aprendizado, evolução, conexão e com a sustentabilidade”, finaliza Juliana Medina.

Equipe Guia JeansWear
Fonte: Vanessa de Castro Foto: Divulgação

Be the first to comment on "Denim City SP Promove Curso Sobre Beneficiamento Têxtil"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*