E A Vida Continua…

Ano de pandemia. Tudo inesperado. Mil dificuldades. E, como se não bastasse, eleições pelo meio.

Insustentável: os mesmos políticos que suspenderam as atividades econômicas e impuseram regras draconianas ao povo, aparecem aglomerados, sem máscara, confraternizando, uma agressão à coletividade.

CORDEIROS

Ah, como é pacífico o povo brasileiro. Se um povo nasceu com vocação de cordeiros, fomos nós, brasileiros. Aceitamos tudo. Da aglomeração à compra de votos. Vendemos nossas consciências por dois tostões de mel coado. Vendemos? É forma de expressão. Alguns vendem. Talvez a maioria não venda por falta de oportunidade.

TUDO PASSA

As eleições passam, as perguntas ficam. A vida continua, novos fatos acontecem, os assuntos são esquecidos ou deixados de lado. Com relação ao recente segundo turno das eleições, não vai acontecer tão fácil. Ficaram marcas profundas de manipulação das consciências, nas capitais e cidades onde aconteceram segundos turnos De tentativas de compra de votos. De falsos profetas. Pelo menos, se depender de alguns órgãos de imprensa que cumprem o seu dever, as mutretas, bem ou mal sucedidas, não ficarão no esquecimento . Mas, falando francamente, alguém está interessado nisso?

OLHAR DIFERENTE

Um dos compromissos da boa imprensa é fornecer informação qualificada, fazer análises diferenciadas, mostrar ângulos inéditos. Não deve estar na agenda de quem faz bom jornalismo, como é o caso do MODA&NEGÓCIOS, tutelar quem quer que seja. A boa imprensa quer leitores que até discordem da publicação, porém considerem relevante sua leitura.

QUALIDADE

Esse é o propósito de José Severino do Carmo e tantos outros que fazem comunicação de qualidade no Agreste. Indagar. Ajudar a pensar. Jornalista não é mais inteligente do que ninguém. Só que informação é o nosso negócio. Do mesmo jeito que o marceneiro sabe fazer moveis, nós sabemos fazer comunicação. E, sinceramente, MODA&NEGÓCIOS faz isso como poucos.

MANIPULAÇÃO

MODA&NEGÓCIOS tem um estilo. Uma filosofia. Uma missão. Faz um jornalismo otimista, beneficente, justo, propositivo. Ressalta e facilita a convivência social.

Como a vida não é só feita de agruras, apoio esse estilo e essa forma de fazer de desde sempre.

Isso não quer dizer que abrimos mão dos princípios do bom jornalismo. O fato é sagrado. A interpretação é livre. A versão, bem, aí depende da imaginação.

MODERNIDADE

Investigamos. Questionamos. Perguntamos.

Mas também, de acordo com a visão pioneira de José Severino do Carmo, conciliamos. Divulgamos o que é positivo. A crítica é importante, o reconhecimento é fundamental. Assim é a vida. Assim é MODA&NEGÓCIOS.

Assim é a imprensa moderna, no mundo desenvolvido e civilizado.

José Nivaldo Junior

Publicitário com atuação nacional. Consultor em comunicação política e institucional. Da Academia Pernambucana de Letras.

Be the first to comment on "E A Vida Continua…"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*