E os cânceres ginecológicos?

Outubro passou e muita gente lembrou de imediato do Outubro Rosa, o grande símbolo da luta pelo câncer de mama, algo louvável, mas raros os momentos em que eu vejo alguém falar sobre os cânceres ginecológicos. Cânceres que atingem várias mulheres e que também necessita de atenção. Por esse motivo resolvi falar um pouco sobre o tema.

Sem muitos arrodeios irei falar quais são:

• Câncer de vulva;

• Câncer das glândulas de bartholin;

• Câncer de vagina;

• Câncer do colo do útero;

• Câncer de endométrio;

• Câncer das trompas de falópio;

• Câncer de ovário.

Muitos, não é mesmo? Se eu fosse descrever aqui os sinais e sintomas que cada um apresenta, tomaria muitas páginas da revista e muito tempo de leitura de você leitor, mas irei falar sobre hábitos que a mulher deve ter.

Olhar a sua região íntima com um espelho para ver se esta tudo ok, se não tem nenhuma mancha, verruga, alguma ferida, alteração de cor na região, se tem alguma alteração de tamanho, edema, algum cisto. Tocar a região também é importante visto que o câncer de vulva por exemplo deixa a pele com uma textura mais áspera. Observar sempre a cor e o cheiro do muco vaginal. Sempre ter relações com preservativo já que o HPV é transmitido através do sexo desprotegido e pode causar câncer do colo do útero. Se sente dor, coceira e tem algum tipo de sangramento, não tem o que pensar! Deve ir a/ao ginecologista. Alterações na menstruação, dor abdominal, edema no abdômen também pode indicar algo.

O fumo, sedentarismo, alterações hormonais, alimentação inadequada, obesidade, álcool, fatores genéticos e as relações sexuais sem proteção, aumentam as chances do desenvolvimento de algum tipo de câncer ginecológico, por isso é tão importante as mudanças de hábitos de vida, o olhar a região íntima para verificar se está tudo ok e a realização dos exames ginecológicos, bem como a ida a/ao ginecologista quando percebe que algo não está normal!

Espero que você tenha achado essa matéria interessante e que essa informação tenha sido útil para você. Até a próxima e um grande abraço virtual.

Drª Thaisa Pereira

Bacharel em Fisioterapia; Especialista em Fisioterapia Uroginecológica Proctológica e Obstétrica; Especialista no método de Linfotaping; Especialista em Estética Intima; @dra.thaisapereira

Be the first to comment on "E os cânceres ginecológicos?"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*