Fisioterapia na Cólica Menstrual

A dismenorreia primária, popularmente conhecida como cólica menstrual, trata-se de uma síndrome que ocorre no período pré e intra-menstrual. Ela é definida como uma sensação dolorosa na parte inferior do abdome, podendo ser acompanhada de cefaleia, vômitos, tontura, sensação de inchaço, entre outros.

Ela pode ser definida como primária ou secundária. Quando não há outra doença pélvica associada à síndrome, ou ausência de anormalidade estrutural a qual é primária, já quando existe alguma anormalidade ou doença pélvica ela é definida como secundária. Quanto à intensidade, a dor pode variar entre leve, moderada e grave. Estudos comprovam que a dismenorreia primária afeta aproximadamente 50% das mulheres, onde 5% dessas têm dor incapacitante para as atividades de vida diárias.

O seu tratamento, muitas vezes, é baseado apenas no uso de analgésicos, anti-inflamatórios não esteroides e pípulas anticocepcionais orais, porém o que poucas pessoas sabem é que existem métodos não farmacológicos, como a fisioterapia.

A fisioterapia é um ótimo método, principalmente para aquelas mulheres que não podem fazer o uso de mediações, ou que utilizam, porém ainda sofrem fortes dores. Na fisioterapia, temos meios que agem nos sistemas moduladores da dor, tendo como consequência a analgesia. Se você sofre com a dismenorreia primária, ou conhece alguém que passe por essa síndrome, procure um fisioterapeuta especializado em fisioterapia pélvica.

Thaisa Batista Pereira Silva –  Bacharel em Fisioterapia; Especialista no método de Linfotaping; Especialista em Estética Íntima; Responsável pelo setor de Fisioterapia Pélvica na Clínica Multifsio;

Be the first to comment on "Fisioterapia na Cólica Menstrual"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*