Incontinência Urinária Masculina

Começo esse artigo falando de como ainda nos dias atuais é interessante ouvir algumas pessoas perguntando: “Mas os homens perdem urina? ” “Achei que isso era só coisa de mulher por causa da menopausa…” Todos nós (mulheres e homens) somos constituí- dos por músculos e temos bexiga, logo estamos vulneráveis a perdas de urina, independente do sexo! Outra coisa, isso pode acontecer em qualquer idade, certo? Tendo isso em mente, vamos falar rapidinho sobre a perda urinária masculina.

A incontinência urinária masculina é algo bastante comum, porém pouco mencionada, assim como seu tratamento fisioterápico. Sabe aquelas idas frequentes ao banheiro ou as pequenas perdas de urina quando tosse, espirra ou caminha? Elas precisam ser investigadas e tratadas antes que sofram agravamento.

As causas dessa incontinência urinária no homem podem estar relacionadas ao aumento da próstata, bem como, após a cirurgia para retirada da próstata (prostatectomia), problemas neurológicos, ou mesmo pela simples fraqueza da musculatura pélvica que é responsável pela continência urinária.

A fisioterapia pélvica tem como objetivo fazer com que o paciente conheça sua musculatura pélvica (conscientização do assoalho pélvico) entender sua importância, como utilizá-la e ajudar o paciente no controle urinário. Na fisioterapia utilizamos os recursos de acordo com o que o paciente apresenta, nada é receita de bolo, por isso é muito importante frisar que nem sempre algo que é indicado para um paciente, será indicado para todos. Cada indivíduo tem sua particularidade, por isso procure um fisioterapeuta que trabalhe com a área pélvica.

Thaisa Batista Pereira Silva

Bacharel em Fisioterapia; Formação em Fisioterapia nos Distúrbios Uroginecológicos, Radiofrequência nas Disfunções Miccionais, Estética Íntima, Linfotaping e TMI.

Be the first to comment on "Incontinência Urinária Masculina"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*