O fumo e a saúde íntima feminina

Não é novidade alguma que o cigarro prejudica nossa saúde como um todo, sendo causador de câncer, provocando até mesmo disfunção erétil nos homens, mas o que pouquíssimas pessoas sabem é que o cigarro mexe bastante com a saúde íntima das mulheres.

O cigarro provoca a diminuição de oxigenação na região íntima, diminuindo também a lubrificação do canal vaginal levando ao ressecamento que por sua vez já causa outros problemas como:

• Dor na relação sexual;

• Sangramento durante e/ou após a relação sexual;

• Fissuras (pequenos cortes no canal vaginal);

• Se torna uma porta aberta para bactérias levando a infeções urogenitais (existem vários tipos);

O fumo também tem a capacidade de levar a candidíase de repetição, altera a estrutura estética da vulva (parte externa da região íntima) levando ao escurecimento da pele e flacidez. E o cheiro então? O fumo tem o poder de modificar até o cheiro da região intima!!!

Se você fuma e está lendo esse artigo, observa como anda a sua saúde íntima. Agora se você não fuma mas conhece mulheres que fumam, mostra isso para elas. Quem sabe você não está ajudando está ajudando aquela mulher que sofre com sua saúde íntima e não sabe o motivo.

Drª Thaisa Pereira
Especialista em Fisioterapia Uroginecológica e Obstétrica;
Pioneira em Fisioterapia nas Disfunções Sexuais e Estética Íntima em Caruaru;
Especialista no método de Linfotaping e Licenciada em LFP Especialista em Exercícios na gestação, pós-parto e diástase;
Proprietária da Clínica Drª Thaisa Pereira;
Responsável pelo setor de Fisioterapia Pélvica na Clínica Multifisio;
Colaboradora da Revista Moda&Negócios.
@dra.thaisapereira

1 Comment on "O fumo e a saúde íntima feminina"

  1. Continuo recebendo e agradecendo os envios da Revista. Sempre compartilhando por serem sempre interessantes e de interesse. Obrigado.

Leave a comment

Your email address will not be published.


*