O Que É Constelação Sistêmica

Olá! Quero dar as boas-vindas a você que está lendo o que eu chamo de bate-papo informal!

Quando resolvi aceitar o convite para escrever sobre as Terapias, chamadas hoje, de Terapias Integrativas ou Complementares, era para esclarecer por que elas não podem mais ser chamadas de alternativas. Vamos entender por quê. Quando algo é chamado de alternativo faz referência a poder ser usado no lugar de uma outra coisa como um recurso extra e, na maioria das vezes, visto como algo sem muita credibilidade ou quando nada mais resolve.

As terapias Integrativas são muito mais que isso. Baseada nos conceitos científicos da Biologia, Psicologia, Filosofia, Pedagogia e também, da Física Quântica, a Constelação Familiar Sistêmica (Terapia integrativa a qual eu sou facilitadora) surgiu há mais de 30 anos, fruto da experiência com grupos, na África, do alemão, Bert Hellinger, hoje, com 93 anos, que percebeu como fenômeno a experiência existencial vivida num campo específico e decorrente de emaranhado sistêmico, ou seja, conflitos que envolvem o indivíduo e suas gerações anteriores nas suas escolhas e as consequências recorrentes quando olhadas com consciência.

Ele observou e mais recentemente, com a Teoria de Campos Mórficos ou Morfogenéticos, três questões que são as causas da maioria dos problemas da humanidade: o desequilíbrio entre dá e receber, as pessoas excluídas na questão ou situação vivida e a necessidade que cada ser tem de pertencimento, como sendo a fonte da maioria do sofrimento.

Tudo isso tendo origem na família. Daí chamou de desordem na ordem do amor. Exemplo disso são os filhos que tomam o lugar do pai ou da mãe, por questões de abandono ou morte, comportamento ligados a moral de uma época, que levaram homens e mulheres a se afastarem da família, são exemplo de desordens que causam doenças inclusive.

Hoje, as separações, os divórcio e partilhas de bens, são resolvidos em 98% dos casos, através das constelações no âmbito jurídico. Crianças que não se desenvolvem bem na escola são consteladas com enfoque nas constelações pedagógicas, nas empresas se realizam as constelações organizacionais.

Como surgiu a Constelação Familiar Sistêmica

O nome Constelação vem de uma entrevista onde o autor tentava explicar que, como no nosso sistema solar chamado Via Láctea, onde o sol é o centro e os planetas e satélites circulam ao seu redor, não há a menor chance de haver equilíbrio na possibilidade de troca de lugar, cada coisa tem seu lugar, e assim também, quando há nas famílias uma troca de papeis ou alguém é excluído porque fez algo que os outros não aprovaram é como se um desses elementos da estrutura ao desaparecer ou assumir um lugar que pertence a outro, criasse o caos.

Bert Hellinger inicialmente só trabalhava as questões familiares, por isso o nome Constelação Familiar e o nome Sistêmica faz referência a que tudo está energeticamente interligado. Assim como no universo que tudo tem sua interdependência, no caso de nós, seres humano (seja por laços de família, seja por afinidade, por empatia ou mesmo, para quem acredita, possa ser um encontro de outras vidas), essa ligação interfere no comportamento uns dos outros, afetando de forma real o desenrolar de problemas e soluções na vida individual e de uma sociedade inteira.

Assim, com um olhar respeitoso para essa realidade, sem julgamento de certo ou errado ou quem é bom ou ruim, mas entendendo como cada pessoa atua em prol de um sistema maior, a Constelação busca resolver dificuldades de causa, muitas vezes desconhecida, conscientemente, e onde a força motriz é o amor. É nisso que consiste o trabalho da Constelação Sistêmica ou Hellinger Science.

Então, essa Terapia possibilita no caminho da prevenção e cura, inclusive, muitos males físicos e emocionais, auxiliando procedimentos medicamentosos, na depressão, no pânico, nas doenças crônicas, não apenas como alternativa, mas complementando o trabalho médico, a intervenção psicológica, por exemplo.

A Constelação Sistêmica é uma terapia breve focal, que pode ser feita individual ou em grupo com a ajuda de representantes para reproduzir o que faz parte da queixa a ser constelada com foco na solução dos emaranhamentos de vida nas mais diversas áreas.

Shirley Freitas do Carmo

É Psicóloga, Trainner em Programação Neurolinguística (Pnl), Consteladora Sistêmica e Thetahealing. Atendimento presencial ou a distância. shirleyconstela@hotmail.com 81 99555.1309

Be the first to comment on "O Que É Constelação Sistêmica"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*