O Recife dos Poetas

Conhecido mundialmente pelo seu carnaval e pelos seus ritmos, Pernambuco possui grande notoriedade quando o assunto é cultura. O estado, que ostenta o orgulho de ser o berço do frevo, do maracatu, do coco e do movimento Mangue Beat, além do bolo-de-rolo e do bolo Souza Leão, é também berço e lar de uma infinidade de artistas de diversas áreas, desde a gastronomia, passando pela pintura, escultura, música e literatura.

Luiz Gonzaga – Praça Visconde de Mauá

Inspirada em alguns desses nomes, grandes mestres da poesia e da música pernambucanas, reconhecidos em todo o Brasil e até no exterior, a Prefeitura do Recife, por meio de uma parceria de várias secretarias, iniciou, no ano de 2005 um projeto para homenagear alguns dos mais relevantes ícones e referências da cultura do estado. São poetas e compositores que foram eternizados em forma de estátuas, e estão espalhados pelas ruas da capital, em locais bastante simbólicos para eles. É o Circuito de Poesia do Recife.

No entanto, não são apenas poetas e compositores que estão retratados nesse Circuito. Dentre as obras, é possível encontrar também jornalistas, músicos e até um fotógrafo, cineasta e pesquisador. Todos eles deram grande contribuição para a cultura pernambucana e brasileira, colocando seus nomes na história e deixando um rico legado para a arte e para as futuras gerações.

Capiba – Rua do Sol

É possível caminhar pelas ruas do centro do Recife e dar de cara com personagens importantes, como o compositor de frevos Capiba, a escritora Clarice Lispector, Luiz Gonzaga, o Rei do Baião ou o precursor do movimento Mangue Beat, Chico Science, dando à população a oportunidade de conhecer melhor tais personalidades.

No início, o projeto contemplava as estátuas de doze artistas. Hoje, dezessete obras, todas em tamanho natural, compõem o Circuito, e estão distribuídas por ruas e praças da capital pernambucana, e convivem diariamente com os recifenses, trazendo esses grandes personagens para perto de pessoas comuns, que transitam pela cidade.

Não é difícil encontrar transeuntes admirando, fotografando e até tirando selfies ao lado dessas figuras ilustres, sejam eles moradores ou turistas, sendo tão comum observar os visitantes, brasileiros ou estrangeiros, encantados ao encontrar os monumentos. Muitas vezes, é a partir desse contato que as pessoas passam a conhecer a história e o trabalho de alguns desses mestres. Esta é a grande importância do projeto.

O Circuito de Poesia do Recife pode ser percorrido quase que inteiramente a pé, e é uma atração à parte dentre as opções de lazer da capital do estado. Pois, as obras que o compõe, de autoria do escultor Demétrio Albuquerque, em sua riqueza de expressões e detalhes, não contam apenas a história dos personagens nelas retratados, que aqui nasceram ou viveram parte de suas vidas, mas contam também uma parte importante da riquíssima história da cultura de Pernambuco.

Leonardo Araújo

Documentarista e fotojornalista, caçador de novos lugares, novos olhares, novas histórias… www.leonardo-araujo.com – Instagram: @leoaraujofoto (81) 9 8804-1247

Be the first to comment on "O Recife dos Poetas"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*