Óleo de coco extra virgem na região íntima

Você pode ter estranhado ao ler o título desse artigo, mas não foi nenhum erro. O óleo de coco extra virgem é uma forma natural de cuidar da nossa região íntima e eu vou te explicar aqui, o por que.

O óleo de coco tem um pH ácido perfeito para a flora vaginal, é rico em ácido caprílico e ácido láurico, que são poderosas substâncias antimicrobianas e antifúngicas e também tem ação antioxidante. E você aí achando que ele só serve para a cozinha e cabelos não é? Hahaha

Graças a tudo isso que te falei no parágrafo anterior, o óleo de coco é utilizado para:

  • • Hidratar a região vulvar, vaginal e peniana;
  • • Criar barreira protetora contra fungos e bactérias;
  • • Lubrificante vaginal (ótimo para mulheres na menopausa, ou pós-parto, ou pós tratamento oncológico, ou por qualquer outra coisa que leve ao ressecamento vaginal). Porém é preciso deixar claro que não deve se utilizar o óleo de coco se você usar preservativo de látex, pois ele rompe o preservativo;
  • • Desodorante natural;
  • • Auxiliar no tratamento de candidíase.

Seu modo de uso é muito simples. Você pode colocar uma gota no dedo e introduzir no canal vaginal, depois mais uma gota e passar na região externa (vulva) e no caso dos homens, um ou duas gotas e espalhar em toda região peniana. Outra forma muito utilizada são as capsulas ou comprimidos gelados, onde você pega um envelope vazio de comprimidos ou capsulas, lava bem e preenche os espaços com o óleo, depois coloca no congelador e sempre que for utilizar é só ir lá e retirar um.

Pode ser utilizado todos os dias após o banho (eu prefiro antes de dormir) e não tem um tempo máximo de uso não. Não é uma maravilha? Eu uso já tem alguns anos e índico para minhas pacientes e seguidoras, espero que você agora também faça parte desse time. Até a próxima.

Drª Thaisa Pereira

Fisioterapeuta Pélvica e Sexóloga.

Be the first to comment on "Óleo de coco extra virgem na região íntima"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*